Make your own free website on Tripod.com

cool.gif (857 bytes) Piadas Machista II cool.gif (857 bytes) 
haha.gif (52656 bytes)

  1. Homem e mulher após uma noite num barzinho resolvem ir para a casa dele para ficarem mais a vontade... Uma dose aqui outra dose ali, a mulher resolve tomar a iniciativa e diz com voz melosa:
    - Me faz mulher.
    O homem tira a roupa vagarosamente frente ao olhar sedento da mulher, e então com suas roupas na mão diz para ela:
    - Toma. Lava!


  2. O marido chega para a mulher e diz:
    - Querida. Arrume suas malas.
    - Mas por que querido?
    - Já disse arrume suas malas. Você vai morar na casa do Bartolomeu.
    - Mas como, morar na casa do Bartolomeu?
    - Eu já disse. Faz logo suas malas. Eu joguei você no jogo de cartas e perdi.
    - Mas como você pode fazer uma coisa como esta?
    - Eu roubei no jogo, ora.


  3. Tese de doutorado defendida com grande sucesso em Harvard provou porque o homem engorda depois de casar.
    Quando solteiro o cara chega na geladeira, olha aqueles restos de comida de 1 semana e pensa: não vou comer isto vou para a cama.
    O casado chega em casa, vai para a cama, olha pra mulher e pensa: não vou comer isto, vou para a geladeira.


  4. Definição de alta combustão: mulher de 2 metros de altura com um busto nº 50.
    Materiais Perigosos Especificação Técnica:
    Objeto da análise: Mulher Elemento: Mulher Símbolo: Mu Descobridor: Adão Massa Atômica: Até 53.6Kg se considera aceitável, mas sabe-se que o seu peso pode variar de 40 a 200Kg. Local de existência: Quantidades consideráveis em todas as áreas urbanas. Propriedades Físicas: Superfície normalmente coberta de uma camada de pintura; Ferve por tudo e por nada, torna-se fria sem razão; Derrete-se logo que lhe seja aplicado devido tratamento; Agressiva se incorretamente tratada; Encontrada em várias formas desde o metal virgem até ao ouro comum; Não reste (desfaz-se) quando a pressão é feita nos sítios corretos. Propriedades Químicas: Tem uma grande afinidade por ouro, prata e uma série de pedras preciosas; Absorve grandes quantidades de substâncias caras; Pode explodir espontaneamente sem aviso prévio e sem nenhuma razão aparente; Insolúvel em líquidos, mas a sua atividade aumenta substancialmente quando saturada em álcool; É o mais poderoso agente de redução de riqueza conhecido pelo homem. Aplicação: Objeto ornamental, especialmente quando dentro de carros esportivos; Pode ser uma grande ajuda para relaxar; Agente de limpeza muito eficaz. Testes: As espécies puras são cor de rosa, quando encontradas no seu estado natural; Torna-se verde quando colocada ao lado de uma exemplar melhor do que ela. Cuidados: Muito perigosa exceto quando manejada por mãos experientes; É ilegal possuir mais do que uma, apesar de se poder manter várias ao mesmo tempo, em diferentes lugares, desde que não haja um contato direto entre elas.  MULHERES, VER elemento homem em piadas anti-machistas.


  5. A mulher toda dengosa pergunta pro marido:
    - Benhe,o que você prefere, mulher bonita ou inteligente?
    E o marido bem carinhoso:
    - Nenhuma das duas meu amor, eu só gosto de você.


  6. A mulher nas suas diferentes idades:
    Dos 5 aos 15 anos são como as ilhas Revillagigedo completamente virgens.
    Dos 15 aos vinte são como a África, meio virgens e meio exploradas.
    Dos 20 aos 25 são como a Europa algo destruída mas interessante.
    Dos 25 aos 30, são como a Ásia, profunda e misteriosa.
    Dos 30 aos 40 são como o México, recebe a todos de braços abertos.
    Dos 40 aos 60 são como a Koréia, destruída pela frente e pela retaguarda.
    Dos 60 aos 80, são como a Oceania, todos se lembram, mas ninguém vai visitá-la.


  7. A morena alta, escultural, numa microminissaia, entra no ônibus. Os homens, gelam. De repente, o motorista dá uma freada brusca, a garota se desequilibra, estira o braço procurando apoio num dos bancos, mas erra o cálculo e acerta em cheio um sonoro tapa no rosto de um dos passageiros. Confusa, balbucia uma desculpa:
    — Desculpe, moço, desculpe...
    — Ora, querida, não há do que desculpar-se — responde o homem, gentil. — Pelo que eu estava pensando, o tapa foi merecidíssimo!


  8. Duas amigas conversam:
    — Querida, por que será que os homens preferem as virgens?
    — Claro, meu bem — responde a outra —, é porque eles são incapazes de suportar críticas.


  9. Boa menina é aquela que vai pra cama às 8 para chegar em casa antes da meia-noite.


  10. . O papo com a garota que conhecera por anúncio de jornal ia tão chato, que Garcia pede ao garçom, às escondidas, que anuncie que há um telefonema para ele. De volta à mesa, diz à moça, com ar fúnebre:
    — Tenho de ir... A minha avó acaba de morrer.
    — Ainda bem — diz a moça. — Se demorasse mais um pouco, seria a minha.


  11. . A lourinha curvilínea estava indo para casa calmamente quando, detrás de uma banca de jornais, pulou um sujeito mal encarado, enorme, e a iluminou com uma lanterna:
    — Seu dinheiro!
    — N-não tenho... — Balbuciou assustada.
    — Passa o dinheiro, se não eu vou procurar — Ameaçou o ladrão.
    Ela repetiu que estava sem dinheiro, e ele deu uma revistada — Por alto.
    — Acho bom me passar o dinheiro — Disse ele, ameaçador. — Se não vou revistar você pra valer.
    E começou a puxar a roupa dela:
    — É, você disse a verdade. Não tem dinheiro mesmo, não.
    — Mas você não vai parar agora, vai? — Protestou a lourinha. — Eu faço um cheque!


  12. . A linda modelo estava aparecendo muito magra nas fotografias da agência de publicidade. Por isso, pediu ao diretor de produção que desse um jeito de ela ficar cheinha. Ele deu, mas agora a garota está insistindo em casar.


  13. . Um grupo de agitadas estudantes saía do museu, e uma comentou com a outra:
    — Puxa, você viu que pênis grande tinha aquela estátua grega?
    — Vi, sim — Respondeu a garota, aos sussurros -, mas o que me impressionou mesmo foi que era tão frio...


  14. . Uma garota inteiramente nua entra no bar e pede um uísque. O barman prepara-lhe a bebida e, ao passar-lhe o copo, debruça-se sobre o balcão para observá-la atentamente. Pouco depois a garota pede outro uísque e o barman volta a debruçar-se sobre o balcão. Ela se irrita:
    — Você nunca viu uma mulher nua?
    Educadamente, o barman responde:
    — Claro que vi, senhorita. O que me preocupa é saber de onde a senhorita vai tirar o dinheiro para pagar as bebidas.


  15. . A gracinha está preenchendo um formulário de emprego numa agência de relações públicas.
    Após preencher os itens "nome", "idade", surge a questão "sexo". Pensa um pouco e escreve: "Três vezes por semana".


  16. . Uma certa manhã, junto à piscina de um hotel de luxo, estavam apenas dois hóspedes descansando em suas espreguiçadeiras. Um deles era um senhor, já de meia-idade, mas musculoso e bem conservado. O outro era uma velhinha, franzina e de cabelos todos brancos. A certa altura, ele se levantou, saltou atleticamente para a piscina e começou a nadar. Nadou 2 mil metros, em magnífico estilo. Quando saiu da piscina, a velhinha cumprimentou-o:
    — Parabéns! O senhor nada muito bem!
    — Acontece, minha senhora, que em 1948 eu fui campeão brasileiro de nado livre, e em 1950 fui campeão sul-americano. Depois parei de competir, mas ainda dou as minhas nadadinhas.
    A velhinha, então, também se levantou, ajeitou as alças de seu antiquado maiô e pulou na piscina. Ante o olhar espantado do senhor, ela nadou 3 mil metros, no mais perfeito estilo "Borboleta".
    Ao sair da água, foi a sua vez de receber cumprimentos:
    — Bravo! Vejo que a senhora também foi uma campeã!
    — Não é nada disso, meu bem. Acontece que durante mais de trinta anos eu fui prostituta em Veneza.


  17. . Vencido o primeiro mês de aluguel do apartamento da morena maravilhosa, o proprietário bate à porta.
    — Quem é? — Pergunta uma voz feminina, sem abrir.
    — O proprietário. Vim cobrar o aluguel.
    — Dá para passar mais tarde? Agora estou ocupada pagando a conta do supermercado.


  18. . Nossa, seu Jarbas, nunca encontrei um proprietário de apartamento tão compreensivo com sua inquilina como o senhor — Suspirou a lourinha, satisfeita.
    — Então... será que eu podia receber alguns meses adiantado?


  19. . A deliciosa morena se aproximou do lago deserto, olhou ao redor para se certificar de que não havia ninguém por perto e tirou toda a roupa.
    Quando se preparava para dar o primeiro mergulho, um guarda saiu de trás de uma árvore:
    — Desculpe, senhorita, mas é proibido nadar neste lago.
    A moça corou de vergonha.
    — E por que o senhor não avisou antes de tirar a roupa?
    — Bem... — Respondeu o guarda. — É que não existe nenhuma lei proibindo tirar a roupa na beira do lago.


  20. . A deliciosa gatinha estava tendo um mal-estar no meio da rua, amparada pela mamãe. Passa um senhor educado e pergunta:
    — Foi comida, não foi?
    — Foi sim — respondeu a mãe. — Mas vai casar!


  21. . Depois de comprar um novo estoque de lingerie, ela pediu que bordassem em suas calcinhas: "Se você consegue ler isto é porque está perto demais".
    — Em letras de fôrma?
    — Não. Braile, por favor.


  22. . Uma garota exuberante, com um decote enorme, entrou na igreja, ajoelhou e começou a rezar. Muito bravo, o padre se aproximou e disse:
    — Senhorita, cubra os seus seios ou vai ter que sair da igreja!
    Ela não deu bola.
    O padre insistiu:
    — Senhorita, por favor, cubra os seus seios ou terá que sair da igreja!
    A garota se levantou, colocou as mãos na cintura e disse:
    — Padre, eu tenho o direito divino!
    E o padre, observando o decote:
    — E o esquerdo também, mas se não cobrir vai ter de sair!


  23. . Garçom, ofereça um drinque àquela moça — pediu o galante cavalheiro.
    — Não adianta, é perda de tempo — ponderou o garçom.
    Meia hora depois, ele volta à carga. O garçom reluta, hesita, mas o homem insiste. O garçom perde a paciência e resolve encerrar o assunto:
    — Companheiro, não adianta, não vai dar em nada. Ela é lésbica.
    — De que região da Lésbica?


  24. . O delegado conversa com a sua principal suspeita:
    — Quer dizer, então, que a senhora matou o seu marido por acidente?
    — É.
    — Todos os seis tiros?


  25. . No temporal, solícito, humanitário, o motorista de caminhão deu carona à antiga estrela de um famoso cabaré da região que, ele não podia saber, já era até meio surda. Naquela enorme falta de assunto inicial, resmungar da chuva era o mais fácil, e foi o que ele fez:
    — Chuva cacete, hein?
    — Chupo sim — Respondeu a carona.


  26. . Três jovens recém-chegados à paróquia se apresentam:
    — Meu nome é Paulo — diz o primeiro. — Mas não sou o apóstolo.
    — Sou Pedro — fala o segundo —, mas não o santo.
    — Eu... — começa a adolescente tímida — ...Eu me chamo Maria... E não sei o que dizer...

linha_color.gif (4511 bytes)

<< IT's COOL ! IT's Zero COOL ! >>
by RPAR #06 (c)1998

voltar ao menu